.:: Êxtase da Deusa ::.

Memorial

* Navegue no interior do site pelas "palavras de toque" ou através do "Arquivo do blog".

Círculo Sagrado de Visões Femininas
Cerimônia de lua nova de SETEMBRO
no Rio de Janeiro

"O que é?


Simultaneamente, mulheres de diversos estados brasileiros e países de lingua espanica e portuguesa, reúne-se em círculos de iguais e ecumênicos, sempre ao PRIMEIRO dia de Lua Nova para celebrar , fortalecer, expressar plenamente suas formas, curar seus ciclos hormonais e regular sua menstruação/fertilidade pelo Círculo Sagrado de Visões Femininas.

Este trabalho apesar de inicialmente ter sido ancorado pelo projeto CLA DOS CICLOS SAGRADOS, sob à coordenação de Sabrina Alves em São Paulo, desde 2007 expande suas teias em forma de gratidão e comunhão à Grande Mãe orientando outras mulheres de forma gratuita de outros estados do Brasil e países de lingua espanhola e portuguesa a canalizarem esta energia pelo poder da união e da sincronicidade desde a Primavera de 2009.

Conecta outras mulheres para trazerem, em forma de ação, esta energia de UNIÃO entre nós e as forças universais de purificação expressas pela LUA NOVA. Uma experiência de resgate simbólico da energia ancestral coletiva feminina onde mulheres em meio a agitação das cidades, guiadas por suas próprias crenças, perpetuam sua linhagem feminina por meio da sacralidade de seus corpos."
Venha celebrar e honrar a sagrada energia feminina!!!

Mulheres re-unidas em círculo na primeira
 noite de Lua Nova de SETEMBRO
dia 27, TERÇA-Feira, às 20hs!!

Informações:

Espaço Cultural mulher Ancestral (Botafogo-RJ)
(21)85301340


http://circulosagradodevisoesfemininas.blogspot.com/
Encontros simultâneos e sincrônicos!
Em

BRASIL

Rio Grande do Sul - Porto Alegre, São Leopoldo, Viamão, Imbé, Pelotas, Capão da Canoa. São Paulo - PERDIZES, Bauru, Ilha Bela, Boiçucanga, Vila Zelina, Barão Geraldo - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro, Maricá. Goiania - Goiania Bahia - Salvador Espírito Santo - Vitória Paraná - Curitiba. Santa Catarina - Florianopólis Pernambuco - Recife Aracajú - Sergipe Ceará - Fortaleza.

MUNDO

Perú - Urubamba/Cusco
Portugal - Cintra e
Porto
Chile - Santiago
Argentina - Rosário

"Conectados pelo estilo de vida circula para REDE-Revolução em prol da Re-emêrgencia da Cultura da Mulher!" (Sabrina Alves)

Coordenação: Clã dos Ciclos Sagrados
Read More …

O título deste blog, o Êxtase da Deusa, é o reconhecimento do potencial sagrado e iluminador da capacidade criativa da Deusa, e nisso a sexualidade se inclui. Sexo é infinitamente mais (profundo) do que o que vem sendo ensinado e praticado, sob a sombra da indústria pornô que toma conta das mídias, em especial a Web.

Não se trata de puritanismo e sim de condicionamentos e formação de subjetividades, das noções naturalizadas e reproduzidas sobre o que é ser homem e mulher, sobre a sexualidade, sobre os modelos de beleza sexualmente desejáveis. (esta realidade....só não vê, quem não quer).

Dentre as poucas  matérias e pesquisas sobre o assunto na internet, encontro este excelente artigo , "O mito pornô"de Naomi Lobo (segue abaixo).

Também  aconselho a leitura deste, de Cindy Gallop:
http://noticias.bol.uol.com.br/entretenimento/2011/08/26/faca-amor-nao-faca-porno-por-um-mundo-com-sexo-sacana-e-prazeroso-mas-sem-fingimento-submissao-ou-violencia.jhtm

Fica também a dica  deste texto, escrito em forma de um manifesto-simbólico, pelo reconhecimento da dimensão sagrada do feminino/masculino no sexo, e na falta disso, suas consequências :
http://shaktilalla.blogspot.com/2010/06/mensagem-de-uma-mulher-como-outras.html

Finalizo este post com um trecho do maravilhoso livro da africana Sobonfú Somé, em " O Espírito da Intimidade", que nos ensina um pouco da sabedoria Dagara sobre a sexualidade e a intimidade e seu potencial inesgotável de cura:

"Se a pessoa não tiver alguma relação com o sagrado em si, não poderá vivenciar a sexualidade. É um conceito bem difícil de explicar, mas há uma conexão íntima entre sexo e o sagrado. Uma pessoa que é desperadamente atraída para a atividade sexual, é uma pessoa que está desesperadamente tentando entrar no mundo do espírito. Ela pensa que, quanto mais se envolver em atividades sexuais, mais se encontrará ou encontrará o espírito.
Mas isso nunca ocorre, porque a atividade é feita fora de um contexto sagrado. Entretanto, o desejo indica uma crença profunda em que algo maior está ali. Considero isso mais um sinal de que é impossível separar ou dessociar a nossa vida do sagrado.

Tomos temos algo em comum, que é o desejo da intimidade. A intimidade é sagrada. É por isso que acho que a cultura moderna, com sua propaganda do sexo,está anunciando seu desejo pelo sagrado, de forma equivocada. Se você acredita que todo mundo deseja algo sagrado, verá, por trás de um enorme cartaz com todo o tipo de imagens sexuais atraentes, uma psique procurando reconectar com algo que sabe que tem o poder de cura.
Então o que fazer no meio de tudo isso? Primento, é preciso ver a intimidade como um alinhamento entre o ser e o sagrado, olhar para a sua vida íntima como uma comunhão com o sagrado. Se compreender isso, verá, na prática da sexualidade, algo essencialmente ritualístico."


Boa leitura,
Shakti Lalla


O Mito Pornô


Autor:

21 de julho de 2011
The Moscow Times


"É difícil ignorar quantos homens de grande visibilidade nos últimos anos (na verdade, meses) têm se comportado de maneira sexualmente autodestrutiva. Alguns homens poderosos têm sido há muito tempo sexualmente vorazes. Ao contrário de hoje, porém, eles eram muito mais discretos e geralmente utilizavam critérios melhores, a fim de cobrir seus rastros.
Certamente, o aumento da capacidade tecnológica atual para expor o comportamento privado é parte da razão para esta mudança. Mas isso é precisamente o ponto. Muitos dos homens envolvidos em escândalos sexuais nos últimos tempos se auto-expuseram – em algumas vezes literalmente – através das mensagens de texto do próprio punho, no Twitter e outras mídias indiscretas.
O que está impulsionando essa tomada de decisão estranhamente desinibida? Poderia a ampla disponibilidade e consumo da pornografia nos últimos anos estar realmente religando o cérebro masculino, afetando o julgamento dos homens sobre sexo e levando-os a ter mais dificuldade em controlar seus impulsos?
Existe um crescente grupo de evidências científicas apoiando esta idéia. Há seis anos atrás, escrevi um ensaio chamado "O Mito Pornô", que apontava que os terapeutas e conselheiros sexuais estavam hilariamente ligando o aumento no consumo de pornografia entre homens jovens com o aumento da impotência entre a mesma população. Eles eram saudáveis ​​e não tinham nenhuma patologia orgânica ou psicológica que quebrasse a função sexual normal.
A hipótese entre os especialistas era de que a pornografia foi progressivamente insensibilizando sexualmente estes homens. De fato, a efetividade da grave pornografia em conseguir uma rápida insensibilização nos indivíduos, tornou sua presença frequente em treinamento de médicos e equipes militares para lidarem com situações muito chocantes ou sensíveis.
Sobre o efeito da insensibilização na maioria dos indivíduos do sexo masculino, os pesquisadores descobriram que eles rapidamente necessitavam níveis mais elevados de estímulos para atingirem o mesmo nível de excitação. Os especialistas que entrevistei na época estavam especulando que o uso do pornô estava insensibilizando jovens masculinos saudáveis ​​para o apelo erótico de seus próprios parceiros.
Desde então, tem-se acumulado uma grande quantidade de dados no sistema de recompensa do cérebro para explicar esta religação de forma mais concreta. Agora sabemos que a pornografia oferece recompensas para o cérebro masculino na forma de um impulso de dopamina de curta duração, que, por uma ou duas horas, eleva o humor dos homens fazendo-os, de uma maneira geral, sentir-se muito bem. O circuito neural é idêntico àqueles para outros provocadores viciosos, como jogos de azar ou a cocaína.
O potencial viciador também é idêntico: assim como jogadores e usuários de cocaína pode se tornar compulsivos, necessitando cada vez mais jogar ou “aspirar o pó” para ter o mesmo impulso da dopamina, desta mesma maneira os homens consumindo pornografia tornam-se viciados. Exatamente como esses provocadores de recompensa, depois que o estouro da dopamina se acaba, o consumidor sente uma decepção - irritação, angústia e ansiedade pela próxima reposição.
Este efeito da dopamina explica por que a pornografia tende a se tornar cada vez mais extrema ao longo do tempo. As imagens sexuais ordinárias eventualmente perdem o seu poder, levando os consumidores a necessitarem imagens que quebrem outros tabus de outras maneiras, para se sentirem bem. Além disso, alguns homens (e mulheres) possuem um "buraco de dopamina" - o sistema de recompensa de seus cérebros são menos eficientes, tornando-os mais susceptíveis a se tornarem viciados em pornografia ainda mais extrema com mais facilidade.
Como acontece com qualquer vício, é muito difícil, por razões neuroquímicas, para um viciado parar de fazer as coisas - mesmo sendo coisas muito autodestrutivas - que lhe permitem obter a próxima dose de dopamina. Poderia isto ser porque os homens que no passado conseguiam retardar seus passos que os conduziriam aos casos atrás de portas fechadas, agora não mais resistem ao impulso de enviar uma mensagem de texto auto incriminatória? Em caso afirmativo, tais homens não poderiam ser demônios ou nulidades morais, mas sim viciados que já não estão mais no controle total de si mesmo.
Isso não quer dizer que eles não tenham que ser responsáveis ​​por seu comportamento. Mas eu diria que é um tipo diferente de responsabilidade - a responsabilidade de compreender o potencial poderosamente viciador do uso da pornografia e de procurar aconselhamento e medicação, se o vício começa a afetar o cônjuge, a vida familiar, profissional ou julgamento.
Por agora, só há um modelo eficaz e detalhado para recuperar os homens pornô-viciados e restaurá-los a um estado mental mais equilibrado, diminuindo a dependência às suas compulsões: A compreensão de como a pornografia afeta o cérebro e causa estragos na virilidade masculina permitindo que as pessoas façam escolhas melhor informadas, em um mundo que se tornou mais e mais gravemente viciado.
Naomi Wolf é uma ativista política e crítica social, seu mais recente livro é "Give Me Liberty: Um Manual para os revolucionários americanos" © Project Syndicate
Read More …

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...