.:: Êxtase da Deusa ::.

Memorial

* Navegue no interior do site pelas "palavras de toque" ou através do "Arquivo do blog".

04/07/2010 - Dez mulheres são mortas por dia no País (Estadão)
Dom, 04 de Julho de 2010 15:12

Fonte: http://www.agenciapatriciagalvao.org.br/index.php
"(O Estado de S. Paulo) Em dez anos, dez mulheres foram assassinadas por dia no Brasil, média que fica acima do padrão internacional. A motivação geralmente é passional. Estes são alguns dos resultados do estudo intitulado Mapa da Violência no Brasil 2010, realizado pelo Instituto Zangari, com base no banco de dados do Sistema Único de Saúde (DataSUS).

"Entre 1997 e 2007, 41.532 mulheres morreram vítimas de homicídio – índice de 4,2 assassinadas por 100 mil habitantes. Elas morrem em número e proporção bem mais baixos do que os homens (92% das vítimas), mas o nível de assassinato feminino no Brasil fica acima do padrão internacional", diz a reportagem publicado por O Estado de S. Paulo.
Os números mostram que as taxas de assassinatos femininos no Brasil são mais altas do que as da maioria dos países europeus, cujos índices não ultrapassam 0,5 caso por 100 mil habitantes, mas ficam abaixo de nações que lideram a lista, como África do Sul (25 por 100 mil habitantes) e Colômbia (7,8 por 100 mil).
“Quanto mais machista a cultura local, maior tende a ser a violência contra a mulher”, afirmou a psicóloga Paula Licursi Prates, doutoranda na Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, que realiza estudos sobre homens autores de violência.

A matéria comenta que "ainda são raros os estudos de casos que analisam as motivações de assassinos que matam mulheres. De maneira geral, homens se matam por temas urbanos como tráfico de drogas e desordem territorial e os crimes ocorrem principalmente nas grandes cidades. Mulheres são mortas por questões domésticas em municípios de diferentes portes".
“No caso das mulheres, os assassinos são atuais ou antigos maridos, namorados ou companheiros, inconformados em perder o domínio sobre uma relação que acreditam ter o direito de controlar”, explica Wânia Pasinato, pesquisadora do Núcleo de Estudo da Violência da USP.
"Em um estudo das motivações de 23 assassinatos contra mulheres ocorridos nos cinco primeiros meses deste ano e investigados pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa de São Paulo (DHPP), em 25% dos casos o motivo foi qualificado como torpe. São casos como negativas de fazer sexo ou de manter a relação. Em 50% das ocorrências, o motivo foi qualificado como fútil, como casos de discussões domésticas. Houve 10% de mortes por motivos passionais, ligados a ciúmes, por exemplo, e 10% relacionado ao uso ou à venda de drogas."
Veja a matéria na íntegra: Dez mulheres são mortas por dia no País (O Estado de S. Paulo - 04/07/2010)





Indicação de fontes:

Maria Amélia de Almeida Teles (Amelinha)
– coordenadora do Programa de Promotoras Legais Populares

União de Mulheres de São Paulo
http://www.promotoraslegaispopulares.org.br/
São Paulo/SP
(11) 3106-2367 / 9601-4800 -
amelinhateles@globo.com Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
Fala sobre: direitos das mulheres; violência doméstica
Wagner Figueiredo – médico e pesquisador
Departamento de Medicina Preventiva / Centro de Saúde Butantã da Faculdade de Medicina da USP
São Paulo/SP
(11) 3066-7444 (medprev) / 9456-7419 -
wagfig@usp.br Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
Fala sobre: homens agressores
Wania Pasinato – socióloga e pesquisadora do NEV/USP
Núcleo de Estudos da Violência da USP
São Paulo/SP
(11) 3091-4951 / 9263-8365
waniapasinato@uol.com.br Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
Fala sobre: violência

Tristes estatísticas
Fonte: http://www.feminismo.org.br/


Em todas as delegacias do DF (Brasília), de janeiro a maio deste ano, foram registradas 8.621 ocorrências de violência contra a mulher. Só na Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam), houve 1.122 registros:

Tipo de crime - Ocorrências
Lesão corporal dolosa 2.411
Lesão corporal doméstica 743
Injúria 2.729
Ameaça 2.109
Difamação 251
Calúnia 164
Maus-tratos 119
Tentativa de homicídio 65
Homicídio 30

Por cidade
(janeiro a maio de 2009):
Ceilândia 1.418
Taguatinga 794
Brasília 731
Planaltina 663
Samambaia 532
Gama 486
Santa Maria 446
Guará 431
Recanto das Emas 378
Sobradinho 321
São Sebastião 291
Sobradinho II 245
Águas Claras 243
Brazlândia 215
Itapoã 198
Estrutural 191
Paranoá 173
Riacho Fundo 133
Núcleo Bandeirante 132
Riacho Fundo II 91
Lago Sul 76
Candagolândia 72
Cruzeiro 71
Lago Norte 61
Varjão do Torto 56
Sudoeste 55
SIA 45
Park Way 39
Jardim Botânico 34

Categories:

Leave a Reply

Deixe seu Recado ou Sugetões:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...