.:: Êxtase da Deusa ::.

Memorial

* Navegue no interior do site pelas "palavras de toque" ou através do "Arquivo do blog".

O Templo de Hirapur, na cidade de Orissa (Índia), 64 imagens de Yoginis - com corpos voluptuosos, acompanhadas com animais, algumas destas com o próprio rosto de algum animal correspondente, portando armas e/ou instrumentos mágicos - estão disponibilizadas em círculo (mandala-chakra-yantra), a céu aberto.

De acordo com os poucos registros a cerca de seu culto, oculto e secreto, as Yoginis representaram no período medieval um dos aspectos de adoração ao feminino dentro da tradição tântrica hindú, com correspondência no tantrismo budista (onde são conhecidas como Dakinis). O Templo de Hirapur é apenas um dos 4 outros templos que se tem registros, dedicados as 64 Yoginis.

Segundo Feuerstein, em "Tantra: Sexualidade e Espiritualidade":

"As Yoginis, veneradas como divindades, foram originalmente mulheres iniciadas e iniciadoras nos segredos do tantra. Seu número é altamente simbólico (...). As esculturas das Yoginis estão dispostas em torno da imagem de Shiva, quer na forma antropomórfica, quer como Lingam(...)"

Algumas informações a cerca deste culto tem sido compartilhadas na comunidade "Culto as Yoginis" no orkut, cuja descrição e link são:

"Esta comunidade é dedicada ao estudo do culto tântrico às Yoginis, uma tradição que se estende desde a pré-história, atravessa a era védica e solidifica-se por volta do século 4 d.C, unindo vários cultos dos vilarejos com elementos da tradição védica bramânica. Representa uma cultura paralela que é influenciada e influencia a religião oficial. Pode-se considerar essa tradição a precursora do Tantra.

As yoginis eram mulheres iniciadas, exímias nas artes mágicas e sexuais, que reuniam-se em círculos sagrados (chakras) para realizar seus rituais. Os escassos registros a que se tem acesso são esculturas de 64 Yoginis em templos circulares sem teto em diversas partes da Índia (especialmente, os templos de Hirapur, Khajuraho e Bheraghat). Especula-se que os templos não possuíam teto porque no auge de seus ritos, as Yoginis levantavam vôo em direção a outros planos. Seus rituais eram realizados principalmente para se adquirir poderes yóguicos e alcançar a união mística com a Grande Mãe."

>> http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=14952030

Neste outro link, você poderá ter acesso a imagens com detalhes sobre o templo de Hirapur, vale a visita:

>> http://www.shrifreedom.com/yoginis/1/index.htm

Outros links para pesquisas:

>> http://www.khandro.net/dakini_the64.htm
>>http://www.shivashakti.com/matsya.htm
>>http://www.meta-religion.com/Esoterism/Tantra/chakras_and_the_64_yoginis.htm
>>http://www.aa.tufs.ac.jp/~mmine/indspace/dcs12.html

Categories:

Leave a Reply

Deixe seu Recado ou Sugetões:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...